eFlog.net - Fotos e comentários ilimitados, música e plano de fundo. Inclua fotos, vídeos, gifs, flash... Crie o seu eFlog.net.

eFlog eternidade



Podcast/Músicas
  • Sem Arquivos!


Visitas: 762
Na Semana: 761
Online: 1

Lembranças

Postada em: 01, Novembro 2017 - 02:08:51


"... E os mares pararam e os céus ficaram vermelhos, crepúsculo quase infinito.
Olha para os lados, e percebe q infelizmente está sozinho.
E não estava preocupado diretamente com isso.
Deixou o corpo cair pesadamente sobre a grama, q estava tão quente e mole como um colchão.
Aquelas lembranças deixavam-no impressionado, quase com medo.
Não via sentido no q os outros faziam, e não estaria lá para aprender, nem se acostumaria com a mediocridade.
Sim, queria fugir. Queria correr por esses campos, até quase voar, sentir o corpo leve, vagando inconsciente pela imensidão verde.
E qdo ficasse cansado, deitaria sobre o seu colo, e certamente saberia q por pior q as coisas ficassem, ali ele teria o conforto e carinho q necessitava para seguir em frente.
Sim, juntos eram imbatíveis.
Eram um ser, unidos, não por conveniência, mas por uma luz, q não apagaria enquanto houvesse ainda q apenas um meio para ficar acesa.
Mas a tempestade levou embora sua luz, sua vida.
Contemplar aquela paisagem estranha, q lembrava o fim de outras épocas e lutas, deixava seu coração apertado.
Agora não tinha mais para onde fugir.
Não tinha mais lar, e ninguém para ajudá-lo, e não poderia mais apertar o seu corpo contra ela, e saber q era só lutar para conseguir o q se queria.
Bons tempos de criança, onde parece q tudo acontece pq vc quer, q forças externas não existem, e mesmo q existissem, não importava... pois um orgulho ingênuo fazia com q acreditasse num mundo diferente e sem malícia.
Sentiu a salmoura correr por seu rosto.
Ficar ali, olhando para o céu q já escurecia, não ia levá-lo a nada, nem ninguém.
Mas um pensamento saudosista continuava pairando sobre o ar q respirava... aonde será q ela está agora, nesse momento?
Seu coração imaginava q ela estaria pensando nele, mesmo q fosse um relampejo rápido de lembranças boas... mas seu cérebro ficara mais rápido q seu coração.
Sim, sabia q ela nem lembrava quem era ele, e provavelmente agora estava vivendo sua vida, como sempre viveu, antes daquele encontro inesperado numa sala de bate-papo.
Depois disso, seu corpo e mente não respondiam mais ao seu senhor, mas a ela.
Sim, passou a viver exclusivamente para ela, e gostava disso.
Poderia viver o resto de sua vida do seu lado, sem q nada atrapalhasse-o.
Mas a tempestade, sempre ela, voltava até em seus pensamentos e levava-a de novo para longe dali.

O céu já escuro, mostrava alguns furos de luz.
Estranho como eles fascinavam os olhos do pobre jovem.
Estrelas, planetas, tudo isso estava ali no céu, quase q implorando para serem pegos, e ao mesmo tempo distantes, inatingíveis.
Limpou os olhos enquanto contemplava a lua, ali distante... como um raio, os olhos daquela mulher passaram pela sua mente.
Brilhantes como as estrelas... e distantes como a lua...
Não queria, e não sabia como levantar-se do chão.
Uma estrela cadente voou rapidamente pelo céu, e depois sumiu, assim como lampejos de felicidade humana.
Sem perceber, um sorriso surgiu das trevas.
Enquanto tivesse uma esperança, agarraria-se à ela com todas as suas forças, mesmo q fosse apenas uma velha história, q apenas as crianças acreditam."

Uma adaptação de Fábio Jorge Sabba


Avalie o eFlog


Favoritos:
pacalco